sábado, 13 de setembro de 2008

OS SALGUEIROS

Já tenho idade para não me comover como se fosse uma túlipa cor-de-rosa ao ver dois colibris a beijarem-se. Mas não consigo deixar de me sentir emocionado sempre que alguém que não conheço gasta dois segundos da sua vida a falar dos meus livros.

Então quando esses dois segundos se transformam em dez minutos, ou mais, as lágrimas começam a escorrer dos meus olhos. Felizmente não é inverno porque senão poderiam congelar, e depois ao tentar arrancar as estalagmites lacrimais acabava por arrancar os meus próprios olhos.

Há um grupo no Hi5 chamados Os Salgueiros (http://www.hi5.com/friend/group/3021850--%2522OS%2BSALGUEIROS%2522--front-html), onde junta todas as pessoas que têm esse apelido, quer sejam familiares directos ou estejam a 100 anos luz de distância na árvore genealógica.

Sexta recebi um mail de um dos fundadores (que não conheço… por isso não comecem já a dizer “grande coisa, são da família”) a convidar-me para ir ao blog dos Salgueiros (http://academiasalgueiro.blogspot.com).

 Mas lá entrei dei de caras com este post:

Já com o lábio superior a tremelicar de emoção, quase a transformar-me num coala sensível, começo a ler o resto do blog e encontro este post:











É por momentos como estes que no dia em que formos atacados por extraterrestres eu meto o meu chapéu de viking na cabeça e vou lutar contra eles, erguendo a espada Excalibur que roubei ao Rei Artur e pintei-a de vermelho fluorescente só para dar pinta.


Ps Comentários: Tânia: Também é um dos meus preferidos; Joana: uma gravata do McCain?! E vou ter mesmo que usá-la?! A propósito do furacão Ike:  http://www.wfaa.com/video/index.html?nvid=282017; Virgínia: Muito bom gosto; CC: Combinado. Prognósticos no final do jogo; Miguel: Olá. Seja bem regressado. Já sentia a falta dos teus comentários.



Enviar um comentário