terça-feira, 29 de julho de 2008

ONDE ESTÁ O MEU MAIL?


Sinto que a minha cabeça se transformou na atmosfera de Pequim. Não vejo a mais de 30 centímetros e os meus pulmões deitam lágrimas. Estou a pensar seriamente em pedir a alguns corredores da Volta a França que me dêem o nome do dealer de dopping.

Mandei um mail ao António Lobato Faria, director da Oficina do Livro, a dizer que tinha novo livro. Já passaram mais de dois dias e ainda não tive nenhuma resposta. Mau sinal. Muito mau.

Tenho de ter pensamento positivo. É isso. Ele não ter respondido é um bom sinal. Se não quisesse publicá-lo responderia de imediato: “não o conheço, e não me torne a incomodar, porque senão peço à ASAE para investigar as condições de higiene do seu mail.”

A verdade é que já não falo com o António há mais de um ano e já não publico nenhum livro há cerca de 2. Pelo menos foi o que a Wikipedia me disse, porque ando a fica muito esquecido. Creio serem os efeitos secundários do espectáculo que eu vi da Cicciolina em Portugal, há cerca de 20 anos.

Vamos rezar. Eu vou à IURD. Quem se oferece para ir à Adventista do Sétimo dia?

PS- A otite terminou, mas continuo com dores no ouvido. Ou tenho aqui dentro um alien ilegal ou então o ouvido precisa de ir ao bate chapas.


PS2- Obrigado pelos comentários que têm colocado no blog. Toca a passar a palavra a todos os vossos amigos para virem visitá-lo.
Enviar um comentário