domingo, 28 de setembro de 2008

MAIL AMIGO O POVO ESTÁ CONTIGO

Nos últimos dias tenho recebido vários mails do Barack Obama a pedir o meu apoio para as eleições americanas. 

Eu respondi-lhe (em português, claro):


Barack

Gostava muito. Até acho que és um bom rapaz, mas agora não tenho tempo. Ando a receber tantos mails por causa do novo livro, que até já pensei meter dois braços biónicos no meu corpo, para conseguir dar vazão aos mails que se vão acumulando.

Abraço com sabor a feijoada,

Francisco

 

A partir desse dia ele não me largou mais. Eu acho que me deve estar a confundir com outra pessoa. Não sei, talvez com o Brad Pitt… de facto o nosso cabelo é igual. Ou então com o cientista Stephen Hawkins… já a minha professora da primária dizia que eu era um génio a fazer balões com pastilha elástica. 

Já não sei mais o que lhe responder. Até estou a ficar um bocado preocupado? Será que ele vai fazer esperas à porta de minha casa?

Que fique bem claro que se me acontecer alguma coisa (exemplo: ser traficado para um bordel na Turquia) já sabem de quem foi a culpa.

E antes que isso aconteça quero dizer a todos vocês que nos últimos dias têm escrito a perguntar se podem enviar um mail para a vossa lista de endereços a falar da existência do "Amei-te em Copacabana"… não só podem como devem. Mandem mails a todos os vossos amigos, escrevam cartazes e coloquem fora da janela das vossas casas. Podem e devem fazer tudo o que quiserem para promover o novo livro. Não precisam de me pedir autorização. 

Eu agradeço com descaramento.

PS- Última Hora: Entrevista no Rádio Clube Português é às 22:00, hoje Segunda Feira, e não às 23:30

PS Comentários: MartaL: :-) notícias em relação aos autógrafos ainda esta semana.

3 comentários:

joanagodinho disse...

Francisco,

Garanto lhe, que depois de lhe ter dado um abraço com sabor a feijoada ele nunca mais se vai aproximar de si, apesar das pessoas de cor estarem mais habituadas a cheiros activos.

E por muitas razoes...

a) tem várias carnes e os americanos só comem galinha, no dia em que acabar a chicken eu nao sei onde eles se vao meter -eles comem MacDonalds porque dizem que trabalham muito (as onze) e depois tem o outro lado em que gostam de comer saudavel, que normalmente a opção recai sobre a galinha porque é carne branca ou sobre o orgânico porque acham que vao viver mais tempo. Vá se lá entende los...

b) uma boa feijoada tem um pezinho de sal... eles aqui nao gostam de comidas com sal, plus so usam sal refinado. 99% esquecem se de colocar sal na comida, dizem que faz mal. Mas, todos dias fazem fila no MacD.

c) uma boa feijoada leva vários ingredientes... ora os americanos comem feijao, comem cenoura, comem carnes... mas tem que ser tudo em separado, se for tudo junto dizem primeiro com os olhos que nao gostam e depois provam so para nao estragar o momento e aí já é oficial - NAO GOSTAM

d) uma boa feijoada é acompanhada por um arroz branco. Nah. O unico arroz que eles comem é aquele que compram da prateleira, colocam no micro e já está! Ultima da hipoteses serve o arroz do Uncle Ben. Ambos uma valente bosta. Cada vez que me lembro que num jantar eu pedi o arroz e eles disseram que estava em cima da mesa (daquela 4*4) e eu olhava para todo o lado e nao encontrava... até que um mexicano (de pais europeus) apercebeu se da minha luta (ardua) e pegou no pacote e disse: está aqui! E eu, ha, são esses os contentores do arroz fast... ah, em PT isso só para guardar as natas:)

Por isso, durma descansado. O Barack anda preocupado com as eleições. Depois de ter ganho ao MCain no debate, rés vez campo de Ourique... depois desse abraço, o homem nunca mais repete a proeza;)


Um Beijo para o ESCRITOR MAIS LINDO DO MUNDO,
Joana

CC disse...

Olá Francisco!!!
Mil vezes parabéns, agora sim é um livro a sério... sim muito melhor que qualquer um dos livros anteriores. E sem um final em aberto, gostei imenso...
Espero que continue sempre a melhorar, afinal podemos sempre fazer melhor nao é???... criou uma personagem cheia de carácter... só me pareceu que a sua antipatia pela Carolina era tanta que já não era necessário aquela traição arrastada que ela lhe faz, já bastava a própria Carolina ela mesma... podia ter poupado o Pedro a isso...hehe... beijinhos muitos e escreva muito, muito mais e sempre melhor como fez agora, para nosso prazer...

Dora disse...

Vivaaaaa a todos!!
Francisco tenho estado aqui a conter-me para não ler essas primeiras páginas k postaste pois queria ler de seguida e acho k se ler essas fico com pena de não ler mais!!

MUITO SUCESSO nas vendas!!

Beijinhos