quarta-feira, 5 de novembro de 2008

AMEI-TE EM COPACABANA - AS FOTOS


Hoje este post é dedicado a todos os que acham que eu sou a Madre Teresa dos blogs. Um ser grandioso que está aqui na Terra apenas para fazer bem ao próximo e ao seguinte.


Por causa do blog tenho sido várias vezes confundido com a Madre Teresa no Lux. Sempre que estou ao pé do bar dizem-me: “És aquela senhora chamada Madre Teresa, não és?”. Eu, ser humilde sorrio, e respondo: “Não, sou apenas um bom samaritano”.


De seguida não me lembro o que acontece porque acordo já de dia, com um olho negro e não sei se me deram um murro, ou se escorreguei e bati com o olho na maçaneta da porta.


O que é que isto tem a ver com o que vem a seguir? Nada. Por isso é que me chamam o Chanquete da escrita. Toco acordeão com as teclas do computador.


Para quem já leu o amei-te em Copacabana: Lembram-se da parte em que o Pedro e a Inês dão um passeio pelo Calçadão e sentam-se no banco onde está uma estátua do Carlos Drummond? Aqui está ele:


























































Ps Comentários: Dora: E se fossem preservativos Alberto João Jardim?; Valentina: Muito obrigado :-); Joana: Os preservativos da Palin dão choques, tal como acontece sempre que ela fala; Escrava: Quem disse que o McCain está vivo? Ele pode estar morto e ainda ninguém o avisou.









Enviar um comentário