segunda-feira, 18 de maio de 2009

CAMPANHA DE AJUDA - dia 1

www.franciscosalgueiro.blogspot.com

Estou sensibilizado… mesmo… não chorei porque as minhas lágrimas secaram ao escrever e reler "A Praia da Saudade", mas fiquei emocionado.

No domingo comecei com uma campanha para fazerem passa palavra, via Facebook, Hi5, Twitter, MySpace, blogs, etc do meu novo livro estar à venda. (se quisessem acrescentar alguns adjectivos também eram bem-vindos).

Poucos minutos depois, começaram a aparecer por todo o lado, frases como:

“A PRAIA DA SAUDADE”, novo livro de Francisco Salgueiro já à venda! Quem não se lembra de grandes obras como: “Viva o Amor!”, “Homens Há Muitos”, “Splaaash!”, “Os Homens das Cavernas Também Oferecem Toblerones” e “Amei-te em Copacabana”? Pois é, já estou à espera do meu e com direito a autografo e tudo, roam-se de inveja!!
Toca a comprar o novo livro de Francisco Salgueiro: "A Praia da Saudade" Detalhes em www.franciscosalgueiro.com
"Praia da Saudade" do nosso Francisco Salgueiro numa livraria perto de si!! :)

"A Praia da Saudade"-Francisco Salgueiro, O melhor livro do ano! Ainda não tem? Nem sabem o que estão a perder :)


Diogo está a ler o novo romance do seu amigo Francisco Salgueiro, "A Praia da Saudade". Dica de fim-de-semana! ;-)


Amigas/os:

Recomendo o livro “ A Praia da Saudade” de Francisco Salgueiro.

Este livro conta a história de um amor proibido num país mergulhado na ditadura salazarista. Um romance comovente onde a política de Salazar obrigou à separação de Beatriz e Rodrigo mas nunca conseguiu matar o amor que os unia.

www.franciscosalgueiro.com

BEIJINHO e BOA SEMANA para todas/os ;)


---------------------------------------------------------------------------------------------

Muito obrigado. A sério. A todos os que dedicaram uns minutos do seu tempo a escrever estas e muitas outras frases que não coloquei aqui.

Quanto aos que ainda não fizeram, do que é que estão à espera?! Toca a divulgarem que o meu livro já anda por aí. Bloguem, twittem, facebookem, hi5em, MySpacem, etcem. Digam que o estão a ler, digam que estão a chorar por causa dele, digam que estão a rir por causa dele… façam relatos minuto a minuto daquilo que sentem enquanto o lêem.
Enviar um comentário