quarta-feira, 13 de agosto de 2008

$/&$%(/%)(/%)(=/& (mensagem codificada pelo SIS)


”I kissed a girl, and I liked it” (toque do meu telemóvel)


Eu: estou? Quem fala?

A voz do outro lado: não me reconheces a voz pá? Costumamos fazer jogging.

Eu: não. De facto não.

A voz do outro lado: é o Sócrates, pá.

Eu: Sócrates…? Não estou a ver…

A voz do outro lado: o menino de ouro.

Eu: ah. O primeiro Ministro.

A voz do outro lado: porreiro pá. Olha lá. Ouvir dizer que o teu próximo livro é tão bom que já se fala num Booker. Assim sendo, gostaria de saber se era possível doares alguns dos teus neurónios à ciência?

Eu: estás a brincar, ou quê?

A voz do outro lado: claro que não. Não sei se já ouviste que vamos produzir uns computadores portáteis chamados Magalhães. Se conseguíssemos meter alguns dos teus neurónios no processador davas uma grande ajuda.

Eu: mas…

A voz do outro lado: olha lá pá. Isso era uma óptima maneira de impressionares a Charlize Theron… e também a Megan Fox. Ouvi dizer que queres sair com elas.

Eu: sim, mas…

A voz do outro lado: não sejas envergonhado. É uma operação muito simples. Abrimos a tua cabeça e tiramos os neurónios que fizeram com que a história deste teu livro seja uma obra prima.

Eu: mas ainda não acabei de fazer a primeira revisão. Atrasei-me um dia. A largura de banda da minha cabeça está engarrafada. Esta noite os uploads e os downloads foram mais lentos do que estava à espera. Mas amanhã voltaremos a falar. Pode ser?

A voz do outro lado: claro que sim, pá. Então até amanhã.

Enviar um comentário