segunda-feira, 25 de agosto de 2008

SOLUÇÃO PARA OS JOGOS OLÍMPICOS


Não sei se sabem mas sou médico. Quero dizer, não tirei o curso de medicina na Faculdade, mas vi mais de 200 episódios do Serviço De Urgência, por isso acho que sou suficientemente qualificado para fazer uma operação ao coração. Ok. Talvez ainda não consiga fazer um transplante, mas uma operação à córnea faço-a enquanto jogo à Wii.

Há uma ideia errada de que os médicos são pessoas exigentes e complicadas. Eu não. Sou um homem simples, que apenas quero o bem do mundo e de Portugal. Assim os Jogos Olímpicos preocuparam-me muito. Não dormi nada na última madrugada. Para além de ajudar os sem-abrigo (no Sims Homeless) não parei de pensar em como foi possível só termos ganho duas medalhas.

Até o Obikwelu ganhava medalhas até ter passado tempo demais em Portugal. Há no nosso país um vírus que faz os olímpicos serem nabos no desporto, mas mesmo assim fazerem passar a ideia de que irão ganhar medalhas e merecerem receber uma parada na lua.

Depois de uma noite sem dormir, descobri uma maneira de ganharmos medalhas. Sigam o meu raciocínio: Inscrevemos apenas um atleta nos Jogos Olímpicos. Não precisamos de mais (ok. Abro uma excepção para a Vanessa Fernandes e NElson Évora). Pegamos nos 15 milhões de Euros dados pelo Estados (nós), ao Comité Olímpico Português, e metemo-los numa conta na Suíça.

De seguida, o Comité Olímpico Português manda um travesti seduzir o Michael Phelps (podem ligar para o Ronaldo brasileiro, porque ele tem bons contactos nessa área). Contratam alguém para tirar fotos e ameaçam o Michael dizendo que as entregam à imprensa. A condição para isso não acontecer: ele naturalizar-se português. Mas como não somos más pessoas o dinheiro é livre de impostos, daí estar numa conta na Suíça.

Assim, apenas com o Michel Phelps (+ a Vanessa e o Nelson) iremos ganhar mais medalhas por cada edição dos Jogos Olímpicos do que teríamos em 4 eternidades sem eles.

Perguntam vocês: e quando o Michael estiver velho, o que fazemos? Nada? Apesar de ser uma pessoa simples tenho boas ideias: manipulação genética. Pegam-se nos genes dele e misturam-se com os da Rosa Mota ou até mesmo com os do Carlos Lopes. É garantido que sairá campeão. Pode nascer com 4 orelhas e 3 olhos, mas será campeão.
Enviar um comentário