segunda-feira, 8 de setembro de 2008

VEM AÍ A CAPA



Se acham que o terrorismo é o nosso maior problema, pensem melhor. Eu que, como já disse várias vezes, sou um homem simples, que consegue dobrar aço com os dentes, ando muito preocupado desde há várias semanas.

Porque é que no anúncio televisivo da Nike com a Vanessa Fernandes a correr, ela está cheia de papel higiénico à volta do corpo, que esvoaça em versão bandeira içada no Dia de Portugal, Camões e das Comunidades? (ver: http://www.youtube.com/watch?v=c4vW9XeQO7M)

Estarão a anunciar um o papel higiénico portátil Nike, especialmente dedicado a atletas em momentos de aperto? Será um papel higiénico com Sudoku para ela ir fazendo ao longos das 45 horas que demora uma prova de triatlo?

Estes pensamentos não me saíram da cabeça durante todo o dia, nem mesmo quando fui entregar hoje à Oficina do Livro a versão paginada do livro, já corrigida por mim. Durante a reunião imaginei como seria se estivesse sentado e envolto em papel higiénico. Será confortável? Protegerá das correntes de ar?

Mesmo no fim da reunião com a Cristina Ovídio, apareceu a Neusa Dias, a designer que irá fazer a capa do livro. Com uns olhos azuis que iluminariam Portugal, Espanha e partes dos Pirineus se houvesse um apagão Ibérico, a Neuza ouviu o que eu pretendia da capa: tem de ser a capa mais romântica do mundo uma pessoa quando olhar para ela precisa de sentir que se não comprar o livro vai ficar sem oxigénio e desmaiará …. Uma hora depois… precisa de ser a melhor capa de alguma vez fez e eu dou-lhe um Emmy se conseguir fazê-la… duas horas depois… Neusa?! Tudo bem consigo? Porque é que está caída no chão, com os olhos revirados e sem respirar?… pronto… pronto, vou-me já embora. Sabem que mais? Vem aí a capa nos próximos dias.

PS Comentários – Sofia: Muito brevemente… muito mesmo…; Dora: ainda hoje não sei se de facto assisti ao concerto ou se tudo não passou de uma alucinação causada pelo aquecimento global.

Enviar um comentário