sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Diário do Novo Livro - Dia 9

www.franciscosalgueiro.blogspot.com

Hoje já estou recuperado das duas horas e meia de sono de há duas noites. Felizmente consegui dormir aquilo que um ser humano merece: 4 horas. Sinto-me cheio inspiração para teclar aqui umas linhas sobre o novo romance, que me fez chorar tanto.

 

Amo-o. Tenho mais orgulho nele do que alguma vez terei de um filho meu… mesmo que ele seja o Barack Obama português ou consiga enviar a Madonna para Marte, com uma fisga.

 

Sempre que olho para o livro, que está mesmo aqui ao meu lado, em versão papel A4, o meu corpo incha de orgulho e começam a saltar diamantes da minha cara. Záááas… lá vai mais um. Auuuuuu. Fez ricochete na parede e bateu na minha cara. Boa, agora pareço o homem elefante.

 

Neste momento, a última versão do livro já está no paginador. Depois de mais de uma semana e meia a editá-lo em conjunto com a Maria João Lourenço, da Oficina do Livro, agora está a ser enfiado dentro da estrutura de um livro. Eu teclei 220 páginas e imagino que fique com umas 270/280.

 

Esta foi a primeira vez que trabalhei com a Maria João e, para além dos scones que me prometeu, foi muito bom trabalhar com uma pessoa tão dedicada e preocupada com o meu livro.

 

Para a semana verei a paginação e se estiver tudo ok (como por exemplo o paginador não ter feito uns desenhos eróticos do Rato Mickey a jogar bilhar com o Mickey Rourke) segue para o revisor. Durante a semana que vem darei conta dos acontecimentos.

 

Entretanto, este domingo vou twittar em directo os Oscars. Se quiserem acompanhar-me vão até à minha página no Twitter, ou vejam o quadro do lado esquerdo aqui no blog e vão fazendo refresh.

 

Agora tenho de ir anda… auuuuu… mais um ricochete… bateu-me no olho… vejo a preto e branco. Será normal?

 

PS Comentário: K- Sorte tens tu porque senão ias de directa para as batatas do McDonald's. Eu aguento-me bem a dormir pouco. A ver se desta vez vais à Feira e não ficas a olhar atrás de uma árvore (hmmmm… isto lembra-me alguma coisa).





Um estrunfe?! O que estás aí a fazer? Sai de cima do resumo do livro! Chôôôô!


Oh belo estrunfe que olhas para o meu livro com inveja e uma ligeira tensão sexual

Enviar um comentário